Eliana escolhe vestido decotado com brilhos para casamento de chef, em São Paulo

07 outubro

Eliana surgiu deslumbrante na noite deste sábado (6) para o casamento da chef Beca Milano e o diretor Fernando Pelegio, em uma casa de eventos na Lapa, Zona Oeste de São Paulo. A apresentadora – que mostrou a filha encantada ao ouvir uma música de Roberto Carlos no piano – escolheu um look assinado pela estilista Isabella Narchi: um longo preto com mangas compridas decotado e com detalhes de telas nas laterais. A consultoria de estlo ficou por conta de Thidy Alvis e a beleza por Edy Glamour. Na cerimônia, a loira posou ao lado do noivo, Adriano Ricco.


LARISSA MANOELA E MAISA SILVA MARCAM PRESENÇA COM OS NAMORADOS.

A festa para 400 convidados contou com a presença de vários famosos. Após ter um tufo de cabelo puxado por um fã, Maisa Silva escolheu um vestido curto para a ocasião, em que esteve presente ao lado do namorado, Nicholas Arashiro. Larissa Manoela também prestigiou a cerimônia com o namorado, Leo Cidade, com quem a atriz está há nove meses. As apresentadoras Chris Flores e Lívia Andrade posaram após o casamento, assim como Celso Portiolli e Carlos Alberto de Nóbrega. A noiva, Beca Milano, escolheu um vestido branco com renda francesa e foi criado pelo estilista Lucas Anderi, do programa "Fábrica de Casamentos". Uma das curiosidades da festa foi que a própria Beca fez o seu bolo de casamento.

ELIANA NEGA RIXA COM ANGÉLICA E XUXA: 'NUNCA FUI INIMIGA'.

Durante participação no "Programa do Porchat", Eliana relembrou o início de sua carreira na TV e negou qualquer tipo de rivalidade com outra apresentadoras da época. "Nunca fui inimiga de nenhuma delas. Eu ia na casa da Xuxa, ia na casa da Mara, da Angélica menos... A Angélica era mais reservada. Mas sempre tive uma ótima relação com todas", garantiu. Recentemente, ela e a mulher de Luciano Huck acharam graça ao serem confundidas por Geraldo Alckmin,candidato à Presidência da República. Ela ainda relembrou que, entre os programas, o seu era o que possuía o cenário mais simples. "A Xu tinha um aparato muito maior que o meu. A Angélica tinha um castelo, a Mara chegava de trem e eu brincava com as crianças sentada no chão, era como uma amiga mais velha. 'Os Dedinhos' surgiu de uma necessidade. Enquanto elas tinham balé e cenários, eu não tinha nada. Eu tinha um banquinho, cromaqui e uma câmera. Comecei a fazer dancinhas com as mãos. Comecei a cantar 'Dedinhos' com meus sobrinhos em casa, eles pediam mais, gostaram e levei para o programa. Uma gravadora me chamou e foi um sucesso", lembrou.

Por Purepeople.

VOCÊ TAMBÉM DEVE GOSTAR

0 comentários

E aí, curtiu?
Conte-nos o que achou dessa postagem. Seus comentários, opiniões e sugestões são importantes.

#TWITTER.COM/365DIASCOMELIANA

#FACEBOOK.COM/365DIASCOMELIANA

#FLICKR.COM/365DIASCOMELIANA