Eliana é clicada pelo noivo com a filha, Manuela, em barco: 'Foto pelo papai'

26 outubro

Com 1 ano e 1 mês, a menina apareceu sorridente na foto compartilhada pela apresentadora neste domingo (21).

Manuela, filha caçula de Eliana, sempre rouba a cena ao aparecer nas redes sociais da apresentadora, e neste domingo (21) não foi diferente. A artista está curtindo um fim de semana em família na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e compartilhou uma foto feita pelo noivo, Adriano Ricco, dela com a bebê - que comemorou seu primeiro aniversário em setembro - no colo durante um passeio de barco. "Vem que hoje é domingo e tem o nosso programa! Vamos reunir as nossas famílias para assistir?! Espero vocês às 15h no SBT. Viva! Foto tirada pelo papai", escreveu. 


Eliana mostrou ainda o filho mais velho, Arthur, brincando com um amigo. "Aquela linda amizade que as mães ficam babando de orgulho", legendou.


'SE EU TIVESSE COMEÇADO MAIS CEDO, TERIA UNS 4', AFIRMA ARTISTA.

Em entrevista anterior, Eliana falou sobre a possibilidade de ter mais filhos. "Se eu tivesse começado mais cedo teria uns 4. Eu amo crianças, trabalhei 16 anos pra eles, mas hoje não dá mais. Eu tenho que ter consciência e fazer as coisas certas. A gestação da Manuela foi uma gestação já difícil. Não pela idade, mas por tudo o que eu passei, então está ótimo: mãe de dois, um casalzinho. Abençoada", ponderou a noiva de Adriano Ricco, com quem pretende subir ao altar em cerimônia discreta.

ELIANA NEGA INIMIZADE COM XUXA E ANGÉLICA: 'ÓTIMA RELAÇÃO COM TODAS'.

Ao participar do "Programa do Porchat", Eliana esclareceu que nunca rivalizou com Angélica, Xuxa ou Mara Maravilha quando apresentava programas infantis. "Nunca fui inimiga de nenhuma delas. Eu ia na casa da Xuxa, ia na casa da Mara, da Angélica menos... A Angélica era mais reservada. Mas sempre tive uma ótima relação com todas", esclareceu a contratada do SBT. No papo, ela também pontuou que as quatro tinha situações e aparatos diferentes nas respectivas atrações: "A Xu tinha um aparato muito maior que o meu. A Angélica tinha um castelo, a Mara chegava de trem e eu brincava com as crianças sentada no chão, era como uma amiga mais velha. 'Os Dedinhos' surgiu de uma necessidade. Enquanto elas tinham balé e cenários, eu não tinha nada. Eu tinha um banquinho, cromaqui e uma câmera. Comecei a fazer dancinhas com as mãos. Comecei a cantar 'Dedinhos' com meus sobrinhos em casa, eles pediam mais, gostaram e levei para o programa. Uma gravadora me chamou e foi um sucesso".

Por Purepeople.

VOCÊ TAMBÉM DEVE GOSTAR

0 comentários

E aí, curtiu?
Conte-nos o que achou dessa postagem. Seus comentários, opiniões e sugestões são importantes.

#TWITTER.COM/365DIASCOMELIANA

#FACEBOOK.COM/365DIASCOMELIANA

#FLICKR.COM/365DIASCOMELIANA